PARCERIA INSTITUCIONAL PARA A REALIZAÇÃO DE UM

ATLAS DAS CIDADES ROMANAS EM PORTUGAL.

 

O Campo Arqueológico de Tavira pretende estabelecer uma parceria com uma Instituição académica ou científica, para levar a cabo o projecto Atlas das Cidades Romanas em Portugal.  

Esta Instituição deverá ter um currículo indiscutível na área do urbanismo histórico, designadamente na produção de estudos sobre a morfologia urbana de cidades antigas, em qualquer das três áreas seguintes:

·     História e Arqueologia Clássica

·     Arquitectura e Urbanismo Histórico

·     Geografia Urbana Histórica.

 

Deverá ter ainda a infra-estrutura administrativa e organizacional para promover e administrar projectos de financiamento comunitários e para angariar contactos com potenciais autores e colaboradores científicos no projecto, a nível nacional e internacional.

A colaboração assumirá a forma de uma parceria, em que cada parceiro terá as suas atribuições formalizadas.

 

O projecto, tal como é referido no seu documento de apresentação, já disponível (ver Especificações), abrange tópicos sobre urbanismo regional e local e sobre a História das cidades e  do passado romano, para além de estruturas de informação ligadas à difusão digital.

É assim susceptível de enquadramento num amplo leque de programas de financiamento municipal, nacional e comunitário, nas seguintes vertentes:

·     História e cultura das cidades, individuais e agrupadas em associações preexistentes

·     Divulgação do património e da herança romana

·     Turismo cultural

·     Sociedade de informação a níveis municipal, regional, nacional e transnacional.

·     Produção de conteúdos regionais, históricos, culturais e turísticos para a internet de banda-larga

 

 No caso da ausência de interesse na realização do projecto a nível nacional, considerar-se-á a sua reformulação e adaptação transfronteiriça, associando-o à área histórica do Golfo de Cádis, em que o Algarve se integrou até à Nacionalidade. Passaria então a abranger as cidades romanas das margens do Golfo (o Atlântico Gaditano), incluindo o Algarve (com Mértola), as províncias espanholas de Huelva, Cádis e parte de Sevilha e a costa marroquina atlântica.

Poderá igualmente ser restringido ao Sul da Lusitânia, abrangendo apenas cidades do Baixo Alentejo e do Algarve:

 

Solicita-se a todos os investigadores, que tenham procedido a levantamentos arqueológicos ou realizado estudos urbanísticos relativos a cidades romanas, que adiram activamente a esta iniciativa através de contribuições específicas para o projecto. Todos os pedidos de informações e esclarecimentos serão bem-vindos e oportunamente respondidos.

 

cidades@arqueotavira.com

Especificações do Projecto ATLAS DAS CIDADES ROMANAS